Rico Lins, J. Borges e H.D. Mabuse – Marginais Heróis

chacrinha

 

 

Marginais Heróis coloca o cartaz no centro da discussão

Exposição promove diálogo entre obras de Rico Lins, J. Borges e H.D. Mabuse

A Amparo 60 recebeu a partir do dia 5 de fevereiro a exposição “Marginais Heróis”, com obras de Rico Lins (curador do projeto), J. Borges e H.D. Mabuse. A peça gráfica cartaz está no centro dessa exibição que se propõe a instigar o diálogo sobre as possibilidades geradas pela interação de tecnologias e a refletir sobre a heroica resistência dessa peça feita para ser fugaz, mas que resiste seja nas ruas, nas memórias ou nas coleções. Na abertura haverá mesa de debates com os artistas. O projeto conta com recursos do Funcultura, produção executiva de Ticiano Arraes e coordenação de produção de Renata Gamelo.

A partir da frase “Seja marginal, seja herói”, verdadeiro lema de Hélio Oiticica, Rico Lins desenvolveu todo um pensamento sobre peças gráficas, técnicas empregadas, leituras e usos possíveis, com especial atenção ao cartaz. Pesquisador, criador e curador de mostras de cartazes há anos, Rico pretende, em parceria com o grande xilogravador J. Borges e o mestre nas tecnologias da informação, comunicação e da música Mabuse gerar uma mostra coletiva híbrida que marque a estética com que cada um deles trabalha e ao mesmo tempo provoque um diálogo fluente entre as linguagens, técnicas e tecnologias.

O lema de Oiticica motivou o experimento “Seja marginal seja herói”, que consiste em cartazes criados por Rico Lins com impressão em três camadas: a primeira, impressa digitalmente, a segunda em tipografia e a última em serigrafia. Esses cartazes vão integrar a exposição, que também se dá em camadas, com matrizes de J. Borges e uma instalação gerada a partir dos usos do aplicativo desenvolvido por H D Mabuse para a ocasião. O aplicativo é um convite ao usuário de smartphones para a composição digital dos próprios cartazes, que devem enviados via Instagram com a hashtag #marginaisherois para participar.

“Marginais Heróis” prevê, além do encontro criativo dos três artistas envolvidos, a realização de ações formativas: três workshops e um debate. O primeiro workshop aconteceu em dezembro no Memorial J. Borges, em Bezerros. Os próximos dois serão realizados no Recife, um no Edf. Pernambuco, no Espaço Fonte e Gráfica Aplicação, nos dias 31/01 e 01/02, e outro no C.E.S.A.R.- Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife, parceiro do projeto. As informações sobre as inscrições serão publicadas na página  facebook.com/MarginaisHerois.

 

SERVIÇO

Marginais Heróis

Visitação

6 de fevereiro a 14 de março de 2015

Galeria Amparo 60

Av. Domingos Ferreira, 92 A

Boa Viagem, Recife – PE

Segunda a sexta, das 9 às 18h.

Sábados das 10 às 14h (Com agendamento prévio)

Fone: (81) 3033.6060

Mais informações: facebook.com/MarginaisHerois

Terça a sexta: 10 às 19h
Sábado: 11 às 17h

+55 81 3033.6060

vendas@amparo60.com.br

Rua Artur Muniz, nº 82, 1º andar, salas 13 e 14 (Entrada pelo restaurante Alphaiate)
Boa Viagem | Recife | Pernambuco