Juliana Notari

Casal Grande - R$ 5.000,00  (2)

Juliana Notari

Recife, PE, 1975.

Graduada em Licenciatura em Educação Artística/Artes Plásticas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 2003) e mestranda no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj, 2012). Vem realizando exposições no Brasil e no exterior, dentre as quais se destacam as individuais:

Rire pour Moi (École Supérieure d’Art d’Aix-en-Provence, França, 2009);

Redentorno (Galeria Vicente do Rego Monteiro, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, 2008);

Diário de Bandeja (Amparo 60 Galeria de Arte, Recife, 2008);

Verstehen (Amparo 60 Galeria de Arte, Recife, 2002);

Assinalações (Museu da Abolição, Recife, 2001).

De suas participações em mostras coletivas, destacam-se:

New Brasil - Boliva Now (Memorial da América Latina, Galeria Marta Traba, São Paulo, 2012);

Metrô de superfície (Paço das Artes, São Paulo, 2012);

Transperformance 2 - Inventário dos Gestos (Oi Futuro Flamengo, Rio de Janeiro, 2012);

Pelas Vias da Dúvida (Centro de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, 2012);

Epílogo 2 (Sesc Garanhuns, 2011);

Projeto Tripé – Escrita (Sesc Pompeia, São Paulo, 2010);

Rumos Artes Visuais 2008/2009 (Instituto Itaú Cultural, São Paulo/Salvador (MAM-BA)/Rio de Janeiro (Paço Imperial), 2009);

O Corpo na Arte Contemporânea Brasileira (Instituto Itaú Cultural, São Paulo, 2005);

Territoires Transitoires (Palais de la Porte Dorée, Paris, França, 2005);

Experimental (Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza, 2003);

Identidades (Galeria Capibaribe UFPE, Recife, 2002);

Casa Coisa (Atelier Submarino, Recife, 2001).

Realizou performances diversas, como: Symbebekos, apresentada no Festival Performance Arte Brasil (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, 2011), no Projeto Verbo 06 (Galeria Vermelho, São Paulo, 2006), no Projeto Prima Obra (Galeria Fayga Ostrower, Funarte, Brasília, 2003, e na Galeria Baobá, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, 2002); Doutora Diva, apresentada na Verbo 08 (Galeria Vermelho, São Paulo, 2008) e na École Supérieure d’Art d’Aix-en-Provence (França, 2005); e Aslude (Carlton encontro com a arte, Casa Cor Pernambuco, Recife, 2003). Realizou residência na École Supérieure d'Art d'Aix-en-Provence (França, 2009) e recebeu prêmio de pesquisa do 46° Salão de Artes Plásticas de Pernambuco (2004). Possui obras suas na Coleção do Banco do Nordeste (CCBNB, Fortaleza) e do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam, Recife).

Terça a sexta: 10 às 19h
Sábado: 11 às 17h

+55 81 3033.6060

vendas@amparo60.com.br

Rua Artur Muniz, nº 82, 1º andar, salas 13 e 14 (Entrada pelo restaurante Alphaiate)
Boa Viagem | Recife | Pernambuco